sexta-feira, 11 de agosto de 2017

[ENTREVISTA] ALEXSANDRA FIGUEIREDO

Brendo Hoshington


“Nada é impossível, se você acreditar.”
Alexsandra Figueiredo

Acompanhe essa entrevista ao som de uma das músicas prediletas da autora:



Salve, salve, estamos de volta, lembrando que até o dia 10 de setembro teremos post todos os dias aqui no Book of Livros a cerca da Editora Pendragon, então fica ligado e não deixe de comentar.

E seguindo com o Mês of Pendragon temos o prazer imenso de conferir essa entrevista sensacional que a Alexsandra Figueiredo cedeu ao Book of Livros. Ela é autora da série O Legado Maytreel e mandou ver nas respostas que mandou para o blog.


 Confira a sinopse dos livros no site da Editora Pendragon.

1. Quem é Alexsandra Figueiredo?

Uma poetisa que transborda seus sentimentos por onde quer que vá, assim como flores transbordam seu perfume em meio a ventania, mas que em todas estações sempre fica entrelaçada a fantasia e poesia.
Amante da arte cheia de sonhos, que adora doces, café e Netflix, e está sempre buscando respostas, explicações e conhecimento em tudo que há ao seu redor.

2. Quando percebeu que a escrita fazia parte da sua vida?

Escrevo desde os 11 anos de idade, a escrita fez parte da minha vida desde as histórias criadas em sala de aula, até em casa nos pequenos contos. No entanto, o momento em que decidi levar mais a sério a carreira de escritora foi durante o terceiro colegial, quando precisei escolher qual caminho iria seguir após o colégio.

3. Qual o primeiro livro que se lembra de ter lido?

A menina que roubava livros, de Markus Zusak.

4. Como era a primeira história que você criou?

A primeira história a princípio era sobre uma jovem garota chamada Kira, uma caçadora de vampiros que buscava por justiça e respostas sobre seus antigos familiares. Mas conforme eu continuava lendo meu texto mudei a história por inteiro, inclusive os personagens e foi quando decidi escrever a primeira versão de A Phoenix, onde a personagem principal havia se tornado Harriet, que após descobrir ser adotada iria em busca de suas origens e sobre as verdades que moldavam seu passado e sua realidade atual.

5. Quais são suas inspirações?

Histórias. Sejam elas contadas através de um livro, uma carta, uma revista, um jornal, um bilhete ou através das pessoas que encontro no dia a dia. Para mim, colocar-se no lugar do outro e poder ver nosso Universo por outras perspectivas é algo extraordinário. A música em um sentido geral me inspira em tudo também, assim como todos os tipos de arte, dança, desenhos, teatro musical.
Tudo aquilo que consiga tirar-me do presente e transportar-me da minha realidade até outro espaço, momento, sentimento e ponto de vista, me inspira.

6. Metas para o futuro?

Planejo continuar escrevendo livros de gêneros diferentes, e ao levar minhas mensagens por meio das histórias, continuar tentando envolver cada vez mais o leitor em novos Universos. Tenho mais projetos literários pela frente e uma de minhas maiores metas futuramente é viajar para Dublin (Irlanda) e passar algum tempo na Ilha da Esmeralda em um Intercambio.

7. Como você enxerga o quadro atual da literatura no Brasil?

Estamos em constante progresso e evolução atualmente. A cada dia que passa a literatura nacional aumenta e a pesar das dificuldades em todo o mercado, precisamos incentivar todos a lerem mais livros de autores brasileiros, pois todos possuem muito talento e potencial para crescer cada vez mais.

8. Quais são seus livros nacionais prediletos?

O Inverno das Fadas e Por Um Toque de Ouro, ambos escritos pela autora Carolina Munhóz.

9. O que gosta de fazer nas horas vagas?

Além de assistir muitas séries online, amo também ver filmes para distrair a mente. Mas para acalmar a alma costumo desenhar, cantar, ler, e escrever poesias para continuar expressando aquilo que estou sentindo.

10. O que você diria para uma pessoa que está começando agora?

Se este for realmente seu sonho e você sentir que é isto que faz seu coração pulsar mais forte, lute, siga em frente e nunca desista. Como diria Renato Russo "Quem acredita sempre alcança" e todos somos capazes de alcançarmos o topo de nossos sonhos.

11. O que te fez escolher a Pendragon?

Quando recebi o convite da Editora Pendragon, notei que eles são muito atenciosos e cuidadosos com o autor, e além disso eles se empenham muito em lhe ajudar a realizar seu sonho da melhor maneira possível. Isto me cativou e hoje ainda tenho a mesma visão/opinião sobre.

A Pendragon é como uma grande família, um apoiando o outro, incentivando os projetos do outro, sonhando junto e caminhando sempre lado a lado. Acredito que este carinho, zelo e cuidado que a editora tem com seus autores e livros é o que mais motiva a fazer parte desta família e o que mais me inspira a continuar fazendo o que faço.


Confira agora um trecho de um novo livro escrito pela autora:

Seus olhos são como um oceano sem fim, profundos e sorrateiros quando sempre sorriem para mim.
Seu coração é puro e encantado, iluminando á todos que estão ao seu lado.
Seu sorriso...
Ah, este incrível sorriso, não sei nem como descrever... Apenas digo que seu sorriso é a única coisa que durante os dias não me permite entristecer.
O som de sua risada parece uma cantiga de ninar, que me permite intensamente por você me apaixonar.
O seu cheiro é semelhante ao cheiro das flores mais belas, que foram banhadas pelas mais puras aquarelas.
O brilho dentro de seu olhar, sempre será a única coisa que não me fez aos delírios chegar.
Brincando de um lado pro outro, admiro até mesmo o seu caminhar, e a forma como chega ás pessoas para lhes conquistar.
Sua pele é como seda macia e bem cuidada, como se nunca tivesse sido tocada.
Seus cabelos são mais leves que o ar que costumo respirar, e brilham de uma maneira intensa quando você sutilmente costuma se aproximar.
Você é um poço de beleza e ternura, que aos poucos me envolve em uma doce e suave “loucura”. Loucura a qual eles denominam de insanidade, mas que eu a chamo de felicidade.
Se a mais louca do mundo eu me tornar, sei que você estará ao meu lado rindo da minha forma de sonhar.
E se algum dia, você propositalmente me fizer chorar, será apenas de alegria e felicidade, pois já iremos saber que o que houve entre nós foi tão puro a ponto de já nos dar saudade.
Não quero que comece a comparar isto com um conto de fadas. Muito menos com ás histórias que costumamos escutar. Mas quero que se apegue a esta história, como o novo conto que estamos prestes a criar.
Não gosto de promessas, muito menos de ter que jurar. Mas se fosse necessário prometer algo a você, eu iria prometer que para sempre eu iria te amar.
Prometeria que me agarraria a sua vida, e nunca mais a iria soltar. Apenas quando você decidisse que iria me deixar para voar.
Pois amar é apenas isto, se agarrar profundamente mesmo que você os queira soltar.
E eu te amo, mesmo que um dia eu não queira te amar, e prometo que se isto for tão puro quanto sinto, nunca irá acabar.




Já pensou em ter uma almofada do seu livro preferido? Ou daquela série que você não perde um episódio? Então conheça a Pillows - Almofadas Personalizadas, uma loja do Book of Livros.



Brendo Hoshington / Administrador & Editor

Mora em Pernambuco e sonha em conhecer o mundo, mas por enquanto viaja apenas em livros e séries.

2 comentários:

  1. Alexsandra parabénse continue assim, muito sucesso. E obrigado ao blog fazer conhecer um pouquinho de cada escritor nosso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre, a literatura nacional é um tesouro que temos em mão.

      Excluir